Telefone Cliente Saúde 55 3322 6266

Dicas de Saúde - Combate à Asma: segredos e cuidados

Postada em 08/07/2019

Combate à Asma: segredos e cuidados


O que acontece na Asma? a doença que afeta de 10% a 25% da população brasileira, é a quarta causa de internação hospitalar no Brasil
Com o frio rigoroso que tem feito, os sintomas podem se agravar, como o aumento de infecções respiratórias e a permanência prolongada em ambientes fechados.
A asma é uma doença inflamatória crônica das vias aéreas que acomete crianças e adultos em todo o mundo. Seus sintomas incluem tosse, falta de ar, chiado e aperto no peito. Pessoas que tiveram asma na infância podem não apresentá-la quando adultos, bem como ela pode manifesta-se numa idade mais avançada.
Alguns fatores podem desencadear a doença, entre eles, poluição, mofo, infecções virais, ar frio e seco, perfume, alteração do clima, produtos de limpeza, ciclo menstrual, cigarro, pelos de animais, produtos químicos e estresse.

O asmático possui suas vias aéreas dos pulmões sempre um pouco inchadas, sendo que ao exercitar-se ou inspirar algo que cause irritação ou alergia, essas vias incham mais ainda e começam a produzir muco mais que o necessário, ocasionando maior compressão muscular na área. Isso resulta na dificuldade de entrada e saída de ar, ocasionando tosse, faltar de ar e aperto no peito.

Como identificar a asma?
Poderá ser notado o aumento do período de exalação do ar; em seguida, a frequência da respiração aumenta; logo depois, a chieira no peito aparece e pode ser percebida colocando o ouvido próximo ao tórax do paciente. É importante ao verificar tais sinais, ir urgente buscar ajuda médica, pois quanto mais cedo se cuida, mais cedo se controla.

Tratamento
Vitamina D, a vitamina do sol, pode ajudar no tratamento de asma
Além dos remédios, a adoção de hábitos saudáveis, como exercícios físicos, também ajuda minimizar e até evitar a doença, afirma Borges.
— A atividade física não é contraindicada. Porém, alguns exercícios, especialmente os de alta intensidade e em ambiente frio e seco, podem desencadear crises, particularmente em pacientes com a doença não controlada. Por este motivo, todo portador de doença respiratória crônica deve consultar um pneumologista antes de iniciar qualquer prática esportiva.
Além disso, o uso de umidificadores também é indicado quando a umidade está baixa.
— Se o tempo não estiver seco ele pode trazer efeitos colaterais, pois aumentará o mofo e a umidade do ambiente.

Alguns cuidados
Para evitar problemas que agravam a asma, aqui vão algumas dicas:

– Mantenha a higiene das roupas de cama, travesseiros e cortinas
– Aspire o pó da casa diariamente para evitar acúmulo de pelos.
– Evite mofo, poeira e sujeiras.
– Mantenha a casa ventilada e as janelas abertas.
– Manta-se longe de fumaça de cigarro.
– Tome seus medicamentos exatamente como recomendação médica.
– Roupas guardadas por muito tempo, sem arejar, ficam com cheiro de mofo e costuma ter ácaros. Para resolver isso, lave-as e deixe um pouco no sol até sair o cheiro.

Fonte: Boa Saude Uol.

A melhor solução em

Benefícios de Saúde

Dúvidas

Dúvidas? Ligamos para você.

© 2019 Cliente Saude. Todos os direitos reservados.
Site produzido pela Netface